Abong debate Comunicação e Direitos Humanos no FMDH

Diego Teófilo, da Agencia Jovem de Noticias/Rede Nacional de Adolescentes e Jovens Comunicadores, no FMDH
Promovido pela Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais o Seminário Diálogo Sociedade Civil e Estado na luta pela garantia de direitos humanos e outros direitos, na manhã do primeiro dia do Fórum Mundial de Direitos Humanos. Apresentou os avanços e desafios de organizações que têm como principal foco de atuação a luta pela igualdade, autonomia, diversidade, a democracia, e o reconhecimento da liberdade com a perspectiva de construção de uma sociedade mais livre e solidária.

 
No momento do seminário a Abong lançou Revista ComunicaDH, resultado do projeto da Abong com apoio da SDH/PR chamado Comunicação e Direitos Humanos. Baseado em três etapas principais – formação, articulação de rede e produção – o projeto reuniu diversas entidades das cinco regiões do país, reconhecendo a comunicação como um importante instrumento e espaço social e político na defesa dos direitos humanos.

 
O projeto foi realizado com base em dois eixos. O primeiro foi à realização de um ciclo de quatro oficinas que aconteceu nas cinco regiões do Brasil, envolveu um conjunto de organizações que debatem temas diversos. O segundo foi à criação da Rede Nacional de comunicadores e Comunicadoras de Organizações não Governamentais e Movimentos Sociais para a Educação em Direitos Humanos – RENACOMDH, se deu durantes os processos formativos nas regiões.

 
A partir das oficinas, foram construídos dois produtos, o primeiro é um banco de fontes, trata-se de um conjunto de informações organizações e movimentos sociais, segundo Amanda Proetti, assessora de comunicação da Abong e vice-presidente da Ong Viração Educomunicação a proposta do banco é “botar a voz da sociedade civil organizada na rua, com objetivo de superar o processo de criminalização que as organizações não governamentais vivenciam”. O segundo produto foi a produção da Revista ComunicaDH, que reuni um conjunto de textos sobre diversos temas, para ter acesso a revista é só baixar no site da Abong em http://www.abong.org.br/publicacoes.php

Foto: Priscila Pessoa, voluntária no FMDH

Historiador, educador do Instituto Universidade Popular e membro do Instituto Amazônico de Comunicação e Educação Popular - IACEP.

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *