A Polônia agora está com a bola

Por Paulo Lima, da Delegação Jovem do Brasil na COP19*

O que está em jogo é o futuro das novas gerações. Quase em unanimidade foi essa a palavra de ordem que emergiu da mesa da abertura oficial da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP19), que vai de 11 a 22 de novembro, em Varsóvia, a capital polonesa.

Um jogo difícil diante dos tantos interesses em debate e dos temas quentes a serem discutidos pelas delegações de 193 países. Mas o importante é que “possamos avançar nas negociações para termos um novo grande acordo em 2015”, aposta Abdullah bin Hamad al -Attiyah, presidente da COP18, realizada no ano passado em Doha. “Também é preciso fortalecer e encontrar dinheiro para o “fundo verde”, para ajudar os países mais pobres a enfrentar os efeitos das mudanças climáticas.”

Nas boas-vindas do presidente e anfitrião da COP19, o ministro do Meio Ambiente polonês Marcin Korolec disse que “é preciso somar esforços, todos juntos, para curar o nosso planeta”.

Sim, “I Care!” (“Eu me importo”), outra palavra de ordem que vemos estampada em banners, cartazes e camisetas que circulam pelos corredores do estádio de futebol transformado em palco de muitos encontros e reflexões que vão rolar por duas semanas.

A responsabilidade é grande, resume a secretária executiva da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, Christina Figueres. “Estamos aqui como representantes da humanidade para encontrar soluções globais e urgentes aos efeitos das mudanças climáticas. A COP deve nos ajudar a sair daqui mais fortalecidos para voltar aos nossos países e comunidades e promover um desenvolvimento sustentável que leve em conta a equidade entre a gerações.”

*A Delegacão Jovem do Brasil na COP19 é composta pelas organizações: Aliança Mundial das ACMsEngajamundoFederação Luterana Mundial e Viração Educomunicação.

 

English Version:

The ball is with Poland

By Paulo Lima, to Youth Press Agency at COP19

What’s in check is the future of the new generations. Almost in a unanimity, this was the watchword bolded at the Open Ceremony of the United Nation Climate Change Conference (COP19), happening in Warsaw, Poland, from 11th to 22 november.

This a hard game front of so many interests in debate and hard issues to be discussed by the 193 parties’ delegations around the world. But the most important thing is that “we can move forward in negotiations to have a agreement in 2015”, bet Mr. Abdullah bin Hamad al -Attiyah, formal president of COP18, that was held last year in Doha. “This is [the agreement] also should be strengthen and find money for the Green Climate Fund, to support the poorest countries to address the effects of climate change”.

At his welcome, the host and current president of COP19, the minister of environment of Poland, Mr. Marcin Korolec, said that “it’s necessary sum the efforts, everybody, to heal our planet”. Yes, “I care!”, is another watchword that we see stamped at banners, posters and t-shirts which circulate through the aisles of the National Soccer Stadium which was turned into a stage for many meetings and reflections that is going to happen in the next two weeks.

The responsibility is big, summarizes the executive secretary of United Nation Framework in Climate change Convention (UNFCCC), Christiana Figueres. “We’re here as representatives of the humanity to find global solutions and urgent for the effects of Climate Change. The COP have to help us to get away to our countries and communities more strengthened to promote a sustainable development which considers the intergenerational equity”.

*The Brazilian Youth Delegation at COP19 are composed by the organizations: Global Alliance of YMCAsEngajamundoViração Educomunicação and The Lutheran World Federation.

Italian Version:

Adesso tocca alla Polonia

Di Paulo Lima, della Delegazione Giovane del Brasile nella COP19*

Quello in gioco è il futuro delle nuove generazioni. Quasi all’unanimità, questa è stata la parola d’ordine emersa dell’apertura ufficiale della C
onferenza delle Nazioni Unite sui cambiamenti climatici (COP19), che si svolgerà dal 11-22 Novembre a Varsavia, la capitale polacca.

Un gioco difficile a fronte di così tanti interessi da dibattere e dei temi caldi che verranno discussi dalle delegazioni provenienti dai 193 Paesi. Ma la cosa importante è che “siamo in grado di andare avanti nelle negoziazioni per avere un nuovo grande accordo nel 2015,” scommette Abdullah bin Hamad al-Attiyah, Presidente della COP18, tenutasi l’anno scorso a Doha. “È anche necessario rafforzare e trovare i soldi per il Green Fund così da aiutare i Paesi più poveri ad affrontare gli effetti del cambiamento climatico.”

Nel dare il benvenuto, il presidente e conduttore della COP19, il Ministro dell’Ambiente polacco Marcin Korolec, ha detto che “dobbiamo unire gli sforzi, tutti insieme, per guarire il nostro pianeta.”

Sì, “I Care” (“mi importa”), un’altra parola d’ordine che vediamo blasonata su striscioni, manifesti e magliette che circolano nei corridoi dello stadio di calcio trasformato in posto di tanti incontri e riflessioni che si accadono per due settimane.

La responsabilità è grande, sintetizza il segretario esecutivo della Convenzione Quadro delle Nazioni Unite sui Cambiamenti Climatici, Christina Figueres. “Siamo qui come rappresentanti dell’ umanità per trovare soluzioni globali ed urgenti sugli effetti dei cambiamenti climatici. La COP dovrebbe aiutarci a uscire da qua e a tornare ai nostri Paesi e nelle nostre comunità con più potere, al fine di promuovere uno sviluppo sostenibile che tenga conto del valore dell’equità tra le generazioni.”

* La Delegazione Giovanile del Brasile nella COP19 è composta delle organizzazioni: Global Alliance of YMCAsEngajamundoViração Educomunicação and The Lutheran World Federation.

Evelyn Araripe é jornalista e educadora ambiental. Foi educomunicadora na Viração Educomunicação entre 2011 e 2014. Atualmente vive na Alemanha, onde é bolsista do programa German Chancellor Fellowship for tomorrow’s leaders e administra o blog Ela é Quente, que conta as histórias de vida de mulheres que estão ajudando a combater os efeitos das Mudanças Climáticas ao redor do mundo.

Ver +

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *