17 Comments

  1. Domingos Adriano Pompeu Caturichi
    8 de novembro de 2016 @ 19:28

    Muitas vezes se confunde o conceito de sexualidade com o do sexo propriamente dito. É importante salientar que um não necessariamente precisa vir acompanhado do outro. Cabe a cada um decidir qual o momento propício para que esta sexualidade se manifeste de forma física e seja compartilhada com outro indivíduo através do sexo, que é apenas uma das suas formas de se chegar à satisfação desejada. Sexualidade é uma característica geral experimentada por todo o ser humano e não necessita de relação exacerbada com o sexo, uma vez que se define pela busca de prazeres, sendo estes não apenas os explicitamente sexuais. Pode-se entender como constituinte de sexualidade, a necessidade de admiração e gosto pelo próprio corpo por exemplo, o que não necessariamente signifique uma relação narcísica de amor incondicional ao ego.

    Existem diferentes abordagens do tema que variam de acordo com concepções e crenças convenientes a cada um. Em alguns lugares pode-se encontrar visões preconceituosas sobre o assunto. Em outros, é discutido de forma livre e com grande aceitação de diferentes olhares ao redor do termo. Algumas vertentes da psicologia, como a psicanálise Freudiana, consideram a existência de sexualidade na criança já quando nasce. Propõe a passagem por fases (oral ,anal, fálica) que contribuem ou definem a constituição da sexualidade adulta que virá a desenvolver-se posteriormente.

    Seja qual for a sua visão íntima sobre o assunto, é interessante que se possa manter uma relação de compreensão e aceitação de sua própria sexualidade. O esclarecimento de dúvidas e a capacidade de se sentir vontade com seus desejos e sensações, colabora imensamente ao amadurecimento desta, o que gera sensação de conforto e evita conflitos internos provenientes de dúvidas e medos, gerando uma experiência positiva e saudável.

    Arquivado em: Sexualidade

    Reply

  2. Gustavo de Souza
    25 de setembro de 2015 @ 15:41

    Tou mto agitado

    Reply

  3. Unasse Saide Waite
    25 de setembro de 2015 @ 15:05

    gosttei do assunto

    Reply

  4. Laura Simões
    11 de julho de 2015 @ 11:30

    Adorei, estava com duvidas e vocês exclareceram me… Muitos beijos

    Reply

  5. Fernando Firmino De Oliveira Oliveira
    23 de junho de 2015 @ 11:35

    Apesar de ser ser uma matéria resumida dá muito bem para esclarecer as ideias de que sexualidade não o mesmo que sexo. Gostei da matéria

    Reply

    • Agência Jovem de Notícias
      25 de abril de 2017 @ 15:43

      Valeu, Fernando! Se curtiu, compartilha nas redes sociais e nos acompanhe no facebook: https://goo.gl/xeXbXq

      Reply

  6. FERNANDO
    14 de junho de 2015 @ 13:31

    ME AJUDOU BASTANTE

    Reply

  7. gabriele siva
    10 de abril de 2015 @ 10:08

    sexualidade faz parte da vida,muita gente acha que e coisa inadequada

    Reply

    • Agência Jovem de Notícias
      25 de abril de 2017 @ 15:41

      É mesmo, Gabriele! Confira como esse tema é um tabu nessa outra matéria da AJN (https://goo.gl/88fjbl)
      e se gostou, compartilha nas redes sociais

      Reply

  8. chaiene
    3 de março de 2015 @ 14:20

    e bom fazer sexo mais tem que sambem colque porque ponde pegauma doença

    Reply

    • Agência Jovem de Notícias
      25 de abril de 2017 @ 15:39

      Verdade, Chaiene! Prevenção é importante antes do sexo! Saiba mais sobre saúde sexual na última edição da Revista Viração >> https://goo.gl/tc5Ez7

      Reply

  9. sarah
    8 de outubro de 2014 @ 12:01

    muito bom sabe

    Reply

  10. José António Borges
    7 de outubro de 2014 @ 18:36

    Gostei estava mesmo a precisar!!!

    Reply

  11. Adolescer & Agência Jovem de Notícias | BemVindo - Grupo de Apoio a Gestante e Adolescente
    21 de junho de 2013 @ 11:45

    […] e confira Sexualidade é sexo? Ou sexo é sexualidade? Como você entende a sexualidade? Saiba que é em 4D! No sexo, a primeira vez é pra sempre Falar […]

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *