Home da viração| Viração World| Revista| Assinatura| Contato
Fundo Direitos Humanos
RejupeSP
18 Razões
PL4471

Login

Senha

Esqueceu a Senha?

Edição do Mês

Fala povo: Você concorda com a maioridade penal aos 16 anos? PDF Imprimir


30, maio 2012 - 18:54

Saímos pela Conferência para perguntar o que as pessoas acham da Maioridade Penal aos 16 anos. Confira o que elas disseram:

Karla Lautenschlager,  39 anos, secretaria de assistência social de Nova Mutum.

Não concordo, mas investir em programas políticos preventivos e estabelecer investimentos na área da educação será a melhor forma de sócio educar essas crianças em conflito com a lei.

Edilene Valentim, 19 anos, atendente.

Sim, prisão aos menores infratores, pois se podem votar porque eles não podem assumir seus atos?

Elis Regina Prates, 45 anos, assistente social.

Não concordo porque o adolescente não está devidamente preparado, pois em seu corpo ainda estão acontecendo transformações mentais e corporais, além de estar em processo educacional.

André, 34 anos.

Sim, pois já que o menor tem capacidade de cometer um ato criminoso porque não pode admitir seus erros?

Klebson Fonseca da Silva, 41 anos, assistente Social.

Não, porque lugar de adolescente é na escola, pois a cadeia já não da conta dos presos imagina dos adolescentes? ! Só prender não resolve, a solução seria fomentar programas educacionais.

 

 

NOSSA OPINIÃO

Brayon  Rondon,17 anos, estudante

Não, Mas com uma punição educacional. Qual é essa educação para essa criança em conflito com a lei? Buscar nelas o interesse pela a escola, as fazer valorizarem os seus pensamentos, mostrar a elas a importância da politica pública e a convivência no meio da sociedade. Dar a elas o direito de  buscar e cobrar dos seus representantes do governo investimento . Aos políticos cabe eles investir em programas  interessantes para os jovens como dança, esporte e outros mais onde possa ocupar a mente desses jovem.

Jordy Miranda, 18 anos, universitário.

Não. Aos 16 anos o jovem não tem a certa maturação de que precisa, além de ainda estar  buscando o conhecimento necessário para viver. Neste caso umas das melhores formas de evitar que as crianças, adolescentes e jovens entrem em conflito com a lei é a implantação de programas sócios educacionais, programas de incentivos aos estudos, abrangência de CAPS (centro de atendimento psicossocial) para que as famílias tenham um acompanhamento e orientação necessária para educar seu filho. Portanto punir não seria a palavra certa, mais sim reeducar de maneira que reflita seu erro e aprenda o certo.

Nayri Santos, 17 anos, estudante.

Não, porque nisso os jovens serão autorizados a dirigir, beber, fumar e aos 16 anos ainda não estão preparados para isso. Não com moderação, nessa fase eles estão obtendo conhecimento e estão em transformação, mas ao mesmo tempo penso que sim, pois se esse menor tem capacidade de cometer esse ato porque não assumi-lo? Mas pensando bem, eles devem ter consciência do que fazem. Se eles fizeram tem um motivo e às vezes se eles são punidos eles voltam mais revoltados para a sociedade então para que esses jovens não pensem em fazer ato algum, tem que ter projetos educativos para que eles se ocupem. Mas às vezes paramos e vemos que não sabemos o que fazer diante disso?

Fabiana Karla, 15 anos, estudante.

Não, por que elas devem ter outra chance para continuar os estudos para ter um futuro melhor e com isso a suas formações de corpo e espiritual ainda não estão pontas para assumir seus atos.

Equipe de Educomunicação da 8º Conferência Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, Mato Grosso

Reportagem: Jordy Miranda da Silva, Nayri Cristina da Costa Santos, Bryon José Rondon Maciel

Saiba mais:

O que é 9ª Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente?


Fatal error: Uncaught Exception: 1: An unknown error occurred (1) thrown in /var/www/html/agenciajovem.org/web/wp/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273